Juno*Força Vital

 
Meu coração de fogo,sempre inspirando e tecendo força
Mãe Bruxa,Senhora dos campos e das colheitas,Mãe das Cidades
Acende tua luz brilhante,Única nas chamas de minha alma,arde em brasa
Sopre,sopre sobre a minha brasa tal qual soprará sobre minha mortalha
Pois es dona da minha morte e da minha vida
 
A Senhora é a minha Juno interna,o espírito divino e feminino que me Anima
Anima a chama a ardente do meu fogo,meu Juno,deito mel e leita a Terra
E faço oferendas a Ti o Mãe,porque minha alma nunca estará saciada de tua chama
Tu es mais que o fogo da luz,Tu es a imensidão das águas…
Tu es o oceano vasto que alivia e refresca a calor da alma feminina
 
Mergulhamos em ti Mãe primordial,filha e fruto da Terra
Rodamos na sua medicina, que é do amor para com tudo
Porque tudo nada mais é do expressão de ti,o mundo é teu corpo
E cada femea é tua profecia e cada ser humano carne de tua carne
Eu bebo de todas as copas na CASA DE MINHA MÃE
Eu como de todas as frutas e me sacio no seu Prazer
Que é meu prazer.
 
Mesmo na fúrio ou no ódio,medito sabendo que não me importa
O que aconteça sempre estou contigo
Mãe Negra,Rainha da Noite,Tão pesada de mistérios
Vive em mim tua chama ardente,tua tocha que tudo ilumina
Eu sou filha da Casa de minha Mãe
E como Sacerdotisa segura a tocha e a copa de teus santos mistérios.

 

Anúncios