Resiste e vence

De coração cansado e opresso embora,
Não fujas ao calor da forja ardente,
Sofre os golpes da luta, frente a frente,
Bendizendo a aflição que te aprimora.

A mentira da fuga não tente
O coração que sonha,clama e chora.
Levanta-te e caminha! 

Vence agora
Os perigos do pântano inclemente.

Acalma-te,confia,crê,resiste,
No destino mais áspero ou mais triste,
Porque a dor é a montanha em que te elevas!

Quem foge ao pranto amargo que depura,
Muita vez desce à noite imensa e escura,
Para gemer no cárcere das trevas.

pelo Espírito Arnold de Souza, 

Do Livro:Cartas do Coração, 
Médium:Francisco Cândido Xavier.
Amor,Luz e Paz
Anúncios